Peças paralelas: o barato que saí caro

28 de dezembro de 2020 0 Por dokar
Peças paralelas, o barato que saí caro
Vale apena usar peças paralelas?

Apesar do custo baixo, as peças paralelas têm uma durabilidade menor e ainda podem danificar outras partes de seu veículo

Manutenção é sempre a preocupação número 1 de todo o motorista que não quer ficar na mão no meio do caminho. Fazê-la de forma preventiva e evitando o uso de peças paralelas, de acordo com o manual de seu veículo, é a melhor solução.

Eis que surge a dúvida: devo utilizar peças paralelas ou as originais?

O valor é a principal razão que leva o motorista a escolher peças paralelas, mas elas pecam quanto ao custo-benefício e segurança, principalmente quando são utilizadas no motor e suspensão.

Uma peça original possui garantia de fábrica, pois passa por um teste de qualidade que garante seu desempenho, material e durabilidade, com total compatibilidade com o veículo a qual se destina.

Separamos alguns pontos que provam que peças originais sempre valem mais a pena para o seu carro e, por consequência, para o seu bolso.

As originais duram mais que as peças paralelas

Embora as peças paralelas pareçam idênticas, elas não o são. O material utilizado é menos resistente e necessita de reposição com mais frequência, o que faz o custo, que no início era menor, fique mais salgado do que o de uma peça original.

O material de uma peça original é de melhor qualidade, tendo uma vida útil maior. Isso significa que você precisará trocá-la menos vezes do que uma paralela.

Geram economia a longo prazo

Como explicado acima, uma peça original dura mais, ou seja, faz o seu carro rodar mais tempo antes de precisar de manutenção ou troca da peça.

Isso garante a economia com a mão de obra, que é um custo constante em todo conserto, além de evitar dores de cabeça, já que o carro fica por menos tempo parado.

Desempenho superior

De modo geral, apenas as peças originais terão as dimensões e as características perfeitas, já que as paralelas são feitas a partir da cópia das originais e podem possuir pequenos erros.

Portanto, apenas itens originais se encaixarão e trabalharão em conformidade com o conjunto, possibilitando o melhor desempenho.

Lembrando que os pequenos erros e defeitos de peças paralelas podem trazer maior desgaste ao veículo. Isso ocorre pois causam o mau funcionamento de outras partes, danificando-as e, em alguns casos, até gerando um maior gasto de combustível.

Mantém a garantia do veículo

Os pré-requisitos para a manutenção da garantia de fábrica são:

  • Seguir à risca as revisões periódicas, que devem ser feitas em concessionárias autorizadas;
  • O uso exclusivo de peças originais nos reparos;
  • E que o serviço seja feito por um técnico certificado pela montadora.

Assim, caso o seu carro apresente algum defeito, ele passará por uma vistoria para saber qual a causa do problema. Se constatarem alguma peça paralela, você perderá a garantia de fábrica do veículo.

Mais segurança

No trânsito acontecem situações em que a integridade do veículo é posta a prova, sendo fundamental que os componentes tenham um desempenho pleno. Caso uma peça falhe, como por exemplo, o freio ou amortecedor, pode gerar um acidente grave, colocando as vidas dos passageiros e de quem estiver ao redor em perigo!

Tenha sempre a segurança em mente. A economia imediata as vezes causa prejuízos que não podem ser sanados.

Em qualquer comparação, as peças originais sempre ganham a longo prazo, pois oferecem o melhor custo-benefício. É importante fazer as manutenções e revisões com técnicos de confiança, que prezem pela qualidade e segurança.

Aqui na Dokar nós sempre utilizamos peças originais, realizando um serviço que traz o melhor para o seu carro e para o seu bolso.  Venha nos conhecer!